Eventos de anime

Hoje falarei sobre um tipo de socialização muito presente na vida de vários otakus, um lugar onde encontramos várias pessoas desse mundo muito louco parido pelo Japão. Um agrupamento de pessoas de cabelos tingidos, alisados, esticados, lambuzados por gel e diversos outros tipos de substâncias pra criar um penteado que põe à prova as leis da gravidade. Roupas que não servem apenas para tampar um corpinho sensual, mas para expressar os sentimentos mais profundos e obscuros de quem as veste, esse lugar incomum que não parece existir na superfície terrestre é mais conhecido como: evento de anime!

Obs.:Como nunca viajei para nenhum evento de fora de Goiás, a não ser alguns em Brasília, as características que darei a eles nesse post se referirão aos eventos de Goiás, mais especificamente de Goiânia, que são os que eu tenho o costume de frequentar.

Por aqui esses encontros, já conhecido por muitos, ocorrem esporadicamente e normalmente não são muito diferentes um dos outro, é claro que existem as poucas exceções, que cada vez se tornam mais e mais poucas, são normalmente organizados em colégios, shoppings, escolas, colégios, universidades, instituições de ensino, faculdades etc. lugares que não costumam ser muito organizados ou chamativos, ou saudáveis na maioria das vezes, lembrando sempre das exceções.

Tenho o costume de participar dessas convenções desde as primeiras que surgiram por essas bandas, onde só existiam 3 stands de vendas, um de Yakisoba, um de DVDs de anime e outro de chaveiros, blusas, órgãos humanos, tudo naquela qualidade (se é que vocês me entendem…) as opções não eram muitas e de anime não tinha muita coisa, na verdade eu mesmo só aparecia lá para não participar dos campeonatos de pokémon (ia com meus colegas que participavam, eu não gostava de lutar, só de zerar o jogo… estranho?).

A questão é que os eventos de anime, com o passar do tempo, se tornaram muito mais, organizados, maiores, atraentes, e principalmente mais caros do que os primeiros, e isso é o que esperamos, salvo a última característica, que haja uma certa evolução. Porém, ultimamente, as coisas tem andado meio ruins, a partir de 2011, nos eventos que fui, pude notar uma drástica queda da qualidade, os stands de vendas não têm nenhuma novidade, você assisti um anime que está fazendo o maior sucesso, fica super empolgado, tira da bolsa o martelo da Ramona para quebrar seu cofrinho deporco da Ton-Ton, pega as moedas pra gastar com pé de mouse, toucas, camisas e outros artefatos desse anime, que só farão sentido para os otakus e mais ninguém, mas ao chegar lá não encontra nada da série que você e milhares de pessoas gostaram! Se já é difícil encontrar algo de um anime famoso, imagine encontrar produtos de uma série  mais desconhecida, isso mesmo, só imagine.

E não para por aí, ultimamente os ingressos se tornaram cada vez mais abusivos, em uma época antiga, nos primórdios do século 21 se pagava 5 reais para entrar no local e o otaku ainda participava de um sorteio que realmente sorteava coisas. Em contraposição hoje se paga 20 pilas pra entrar num muquifo lotado de pessoas e tentativas falhas de cosplayers, sem nada para se fazer, já que metade da programação foi cancelada e quando tudo o que você quer é uma coca gelada, tudo o que você tem disponível é uma água verde de um bebedouro muito suspeito, e a velha pepsi, ou fanta laranja por 7 reais a lata (7 = 3 dramatizado).

Fica aqui então o protesto quanto a queda de qualidade e aumento do preço dos ingressos dos eventos, chega de pagar 25 reais pra ficar sem fazer nada dentro uma escola superlotada, queremos variedade, salas com diferentes atividades, palco onde acontecem os shows e apresentação dos cosplayers em um local acessível, e não escondidos em um buraco 7 metros abaixo da terra, variedade de stands de vendas, e com um preço justo, lojas vendendo mangás com desconto, um local que tenha a capacidade de receber o tanto de pessoas que costumam frequentar essas convenções, mesmo que seja uma escola, que ela seja grande o suficiente, e principalmente, que os responsáveis tenham o compromisso de cumprir tudo o que foi prometido na divulgação do evento. E por favor não se esqueçam nunca, do ar condicionado.

Para mais informações busque sobre o evento Anime Hara (o mesmo da foto desse post), que ocorreu no dia 23 de setembro no colégio Fractal, aqui em Goiás, um evento muito bem feito e organizado, como há muito tempo eu não via.

E vocês, o que estão achando dos eventos de animes de suas regiões? São parecidos com os daqui? O que eles tem de bom e ruim? Já sabem não é? Comentem, discutam, critiquem, tudo nos comentários abaixo, até a próxima então. o/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s