Webcomics/webtoons

Muitos de vocês já devem ter se deparado com um desses nomes enquanto navegava na net, ou não, enfim hoje os levarei a uma nova jornada, mais uma das abrangências do mundo dos quadrinhos, uma que vem ocupando bastante do meu tempo livre ultimamente (e como tem valido a pena). Aqui lhes apresento mais um dos filhos desse lugar maluco e infinito que é a internet e os quadrinhos, as webcomics.

024Assim como o nome diz, webcomics, são quadrinhos pensados e produzidos para a internet, facilmente encontrado em leitores onlines e normalmente distribuídos no blog ou site do próprio autor. Na maioria das vezes é produzido de forma independente (tipo aquela vez que você quis se juntar com um amigo pra fazer um mangá depois de ler Bakuman), porém, nesse caso a pessoa usou o que tem a sua disposição, e como nem todos tem uma sede da Sueisha na esquina de casa, e um estúdio de última ponta esperando para ser usado, tudo o que resta é desbravar a concorrência da internet.

Com uma ideia na cabeça e um lápis na mão (ou uma mesa digitalizadora de desenhos) essas pessoas comuns, e com um tempo livre, por menor que seja, começam a desenvolver suas próprias histórias e, junto de um amigo ou não, transforma essas histórias em quadrinhos. Mas tudo bem, você pode estar pensando que já conhece essa história, que é a mesma coisa que acontece nos mangás e HQs, com a pequena diferença de ser independente, mas a coisa vai um pouco mais além disso.

Claro que a criação independente não é algo que possamos deixar de lado, afinal requer muito esforço, principalmente quando se faz isso sem qualquer retorno, mas o grande diferencial desses quadrinhos está na forma de veiculação dos mesmos, o que é claro vai depender muita da forma como o autor vai conseguir trabalhar isso.

Untitled-1Por serem feitas para essa “plataforma” isso traz algumas particularidades bem interessantes para esses tipos de histórias. Primeiramente, já que foram feitas para serem lidas no monitor do computador as páginas são formadas por uma única enorme tira vertical. Não é apenas um desenho contínuo que conta toda a história, mas muitas vezes você também não vê uma divisão clara entre as páginas como ocorre em mangás e comics, os quadros não possuem um padrão de tamanho, e as compridas imagens verticais se segmentam poucas vezes. O que acaba se tornando um problema, caso alguém quiser publicar essas histórias em uma mídia física, mas uma coisa nova aos olhos acostumados a saber quando uma página acaba e outra começa.

E isso é o mais interessante, elas funcionam tão bem nesse formato, que grande parte da experiência seria perdida se transformassem algumas das histórias que li, por exemplo, em uma compilação em páginas, se as passassem para uma “leitura horizontal”. Parece algo complicado de se entender, mas ao se ler facilmente se percebe isso.

Alguns exemplos que me vêm em mente agora são:  uma sequência de quadros que repetem a mesma cena, ou vários quadros em um movimento bem lento, sendo quase que frames de um filme, como se a história estivesse em câmera lenta, ou simplesmente um grande vazio, que se estende conforme você roda o “scroll” do mouse. É como disse no começo do texto, a forma como essa particularidade das webcomics vai ser usada depende do autor e da história, mas é incrível como o simples fato de poder fazer um quadrinho sem se preocupar com os limites de quadros por página, ou o tamanho do capítulo (algo que é inevitável em mídias impressas), pode se expandir para um outro estilo de se contar histórias dessa forma.

Claro que não vou deixar vocês na mão e sair de cena sem recomendar nenhuma dessas coisas legais que li, mas com calma devo postar recomendações dessas webcomics por aqui, afinal, foi essa vontade de falar de algo que vi com alguém, mas não ter ninguém com quem comentar, que me fez criar o blog.

PS: As imagens que ilustram esse post vem dessas minha primeiras experiências com webcomics, clique nelas para ver no tamanho original.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s